principios.html

Declaração de Princípios

O Naturismo é uma forma de vida em harmonia com a natureza, traduzida pela prática da nudez colectiva, pelo propósito de favorecer o respeito por si mesmo, pelos outros e pelo meio ambiente

Congresso74

INF - Cap d’Agde

A partir da “Definição de Princípios” da INF/FNI sobre o NATURISMO, e da prática corrente nos centros e outros espaços habitualmente usados pelos seus praticantes e por ela reconhecidos e/ou recomendados, poderemos extrair as regras de respeito mútuo e sã convivência entre naturistas:

Adoptar integralmente a nudez no recinto naturista;

Usar toalhas e similares nos assentos de carácter público;

Estimular, através da discrição, respeito e amabilidade, os visitantes que, ainda não são adeptos do Naturismo, se venham, assim, a sentir-se à vontade para se iniciarem nessa prática;

Prestar auxílio, sempre que possível e solicitado por outro naturista;

Receber com simpatia e aceitação qualquer tentativa respeitosa de aproximação, para travar conhecimento de quem assim o deseje;

Respeitar os espaços e/ou privacidade desejados por outros naturistas nas áreas citadas.


Atitudes que ferem a ética naturista:

Circular no recinto naturista usando roupa. É permitido somente o uso de bonés, chapéus, óculos e sandálias, excepto quando razões de higiene, de saúde ou condições climatéricas desfavoráveis assim o aconselhem;

Agir de maneira desrespeitosa e/ou agressiva com quem quer que seja, em qualquer situação;

Praticar ou indiciar actos de carácter sexual ou obscenos;

Fotografar, gravar ou filmar qualquer indivíduo ou grupo, sem permissão destes ou da entidade responsável pelo local;

Constranger outros naturistas com gestos, palavras ou atitudes que tenham conotação sexual ou outras que manifestem falta de civismo;

Praticar jogos ou outras actividades em locais que possam interferir na tranquilidade; Utilizar instrumentos sonoros de forma a que possam interferir na tranquilidade alheia; Satisfazer necessidades fisiológicas em locais ou condições inapropriadas;

Exceder-se no uso de bebidas ou fazer uso de drogas, prejudicando a harmonia social;

Deixar lixo fora dos locais apropriados;

Praticar, em geral, qualquer acto que venha a perturbar a boa harmonia social existente, nomeadamente as que recorram a atitudes exibicionistas ou provocatórias.

Ética naturista

alemanha
inglaterra
frança
espanha
cabeçalho1
Facebook
google+
youtube
twitter
inf
Portugal

FILIADO

SEGUE-NOS

banner_aniversario